Blog

Welcome to my blog

Roteiros

Estrada Nacional 2 ‚Äď Day 2

Estrada Nacional 2 – #2

Segundo dia na Estrada – 26 de Abril de 2019

Consegui começar o segundo dia sem as minhas listas, mas não consegui deixar de construir objetivos na minha cabeça. Hoje acordei e defini dois objectivos РAlmoçar em Alcácer do Sal e dormir em Abrantes. Isto seria percorrer 320km e 13 localidades do Passaporte. Objetivo altamente defraudado.

Durante o segundo dia conseguimos fazer 6 localidades – Loul√©, Almod√īvar, Castro Verde, Aljustrel, Ferreira do Alentejo, Alc√°cer do Sal. Cheg√°mos ao Castelo de Ferreira do Alentejo para recolher o carimbo, mas fechava as 18hrs e n√≥s cheg√°mos l√° pelas 18h30. Foi um dia cansativo, mas muito compensador. De manh√£ um mar de curvas e contracurvas por entre a serra at√© sairmos do Algarve e √† tarde um role de plan√≠cies douradas, tranquilas e lindas.

Estrada Nacional 2 – Percurso 2¬ļ dia

Sa√≠mos do Hotel Rocha da Gralheira rumo ao miradouro do Alto da Arroteia. Este marco ficava muito perto do hotel, no km720 da EN2 e quando l√° cheg√°mos fomos brindados com uma vista de Serra e Mar de cortar a respira√ß√£o. O segundo ponto de paragem foi o Parque da Fonte F√©rrea. O Parque √© uma agrad√°vel zona de lazer e de atividades l√ļdicas, em contato com a natureza, contando com uma fonte com √°gua de caracter√≠sticas f√©rreas.

Como tínhamos deixado Loulé para trás, decidimos correr atrás do terceiro carimbo no Posto de Turismo do Castelo. Loulé é uma vila grande e tinha imenso para ver. Passeámos pelo centro de Loulé, visitámos o Castelo, Igrejas e percorremos o Mercado para cheirar, ver e provar os produtos da terra.

Perto de Loulé, mas fora do itinerário da Nacional 2, encontrámos a Fonte de Benémola, uma sugestão do meu Zezinho que foi acatada de imediato assim que vi as fotos do local. A Fonte fica ainda a uns 20 min do centro de Loulé e quando lá chegamos tivémos de caminhar durante mais 20 min, mas vale a pena pela beleza do local e por poder contemplar a vasta fauna que ainda temos no nosso país, fiquei tremendamente feliz!

Let’s roll

Volt√°mos √† estrada e ao pr√≥ximo ponto do Passaporte – Almod√īvar. Pelo caminho pass√°mos por Ameixial e Dogueno a √ļltima (no nosso caso a primeira) povoa√ß√£o do Alentejo. Deix√°mos para tr√°s um Algarve magn√≠fico e bem diferente do que est√°vamos acostumados a conhecer. No percurso at√© Almod√īvar visit√°mos ainda o Miradouro do Caldeir√£o 589 metros de altitude sob a Serra do Caldeir√£o.

Adeus Algarve, Boa tarde Alentejo

Mais um desejado carimbo, desta vez entre a Serra do Caldeir√£o e a dourada e por vezes roxeada plan√≠cie alentejana, Almod√īvar veio marcar a transi√ß√£o entre o Alentejo e o Algarve. Almo√ß√°mos uma sandes por ali e fomos ao Museu da Escrita do Sudoeste Algarvio (MESA). Continu√°mos caminho e o quinto carimbo foi recolhido em Castro Verde. Em Aljustrel recolhemos mais um carimbo e aproveit√°mos para fazer uma pausa maior por ali e fomos visitar o Miradouro da Ermida de Santa Maria do Castelo. Em Ferreira do Alentejo, n√£o havia muito para ver, pass√°mos a recolher o carimbo e tirei uma fotografia √† Capela do Calv√°rio, que mais me parece uma bomboca e continu√°mos caminho. Alc√°cer do Sal a localidade que segundo o meu objectivo era onde ir√≠amos almo√ßar, foi o √ļltimo carimbo do dia de hoje. √ćamos carimbar na bomba de combust√≠vel que vem no guia, mas n√£o tinha o carimbo e disseram-nos para irmos a um restaurante ali perto. Tamb√©m ali ao lado ficava o “Nitrato do Chile”, um dos poucos pain√©is de azulejos que restam ao longo da N2. Quando √≠amos a caminho para tirar umas fotos, surge um grupo de Motards de Harleys. Eram imensos e tamb√©m eles iam em busca do carimbo…e possivelmente de uma ou outra mini. Que ambiente fant√°stico que vivemos ali.

E amanh√£?

Hoje foi mais dif√≠cil encontrar um s√≠tio para ficar. Os pre√ßos na zona eram altos e as acomoda√ß√Ķes uma porcaria. Quer√≠amos ficar perto de Viana do Alentejo, que √© o pr√≥ximo destino e depois de muito procurar, conseguimos o Monte da Serralheira. Viemos diretamente √† herdade sem fazermos qualquer reserva online. Fic√°mos a noite num quarto duplo por 50‚ā¨ com pequeno-almo√ßo entregue √† porta do nosso quarto. A Herdade √© bem gira, tem piscina, fica perto de √Čvora e a Dona Lucia √© uma Senhora muito simp√°tica. Foi ela mesma que nos recomendou um Restaurante em Almeirim, “O Galhano”. Jant√°mos muito bem e durante esse magn√≠fico repasto definimos um objetivo para a rota de amanh√£ – dormir na Sert√£. Isto significa fazer 211km e parar em 10 pontos do Passaporte.

 

Dia 2 ‚Äď Loul√© – Almod√īvar – Castro Verde – Aljustrel – Ferreira do Alentejo – Alc√°cer do Sal
Nacional 2 ‚Äď Faro ‚Äď S√£o Br√°s de Alportel = 195km

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Será que vamos atingir o próximo objetivo? Fica por aí e vê o post de amanhã para saberes tudo.

Podem ainda seguir todo o percurso do meu dia no instagram.

E se ainda tiveres tempo:

You Might Also Like


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *