Blog

Welcome to my blog

behind
Marketing

Estará a internet a estragar o Ser Humano… ou são apenas uns cobardes escondidos atrás de um teclado?!

Trabalho com redes há mais de uma década … (pronto, as pessoas que acreditavam que tinha 22 anos agora vão fazer contas🙄) e nunca vi tanto ódio e violência gratuitos a correr no meu scroll como agora. Chego a ficar cansada e triste de trabalhar diariamente com ferramentas que incentivam a violência.

 

Se por um lado poucos pensam nos benefícios que é termos hoje em dia Redes Sociais e Internet à distância de um clique – possibilitam muitas atividades positivas e facilitam a vida de pessoas e instituições, criam espaços para novos tipos de negócios, novos empregos, novas formas de comunicação e entretenimento – por outro lado, creio que é foi este último, o entretenimento, que devia ser o mais animado, acabou por ser o mais negro e fez com as que pessoas percam a noção do que podem ou não escrever. Até porque muitas das coisas que são escritas, se fossem em contexto de socialização cara-a-cara, nunca seriam ditas da mesma forma.

 

Ou é porque não se revêm nas ideologias dos outros, ou porque o seu clube perdeu, ou porque a opinião do outro não é igual à sua própria opinião, ou porque uma é mais bonita que a outra ou porque a outra tem uns Louboutin que tanto queria ter e a outra conseguiu alcançá-los com o esforço do seu trabalho…

 

Não sei o que se passa com o mundo, mas a violência gratuita tem mesmo de acabar!!!

 

Se há algo para mandar abaixo é ver-se a escorrer comentários depreciativos ou mesmo violentos como, “tens sangue a escorrer nas mãos”, “já te matavas!”, “és feia, porque usas essas roupas!?”, “se um dia passares por mim na rua, espanco-te!”… mas pelo contrário quando algo de bom é partilhado, os comentários resumem-se a Emojis “👏”, “💪🏻”, “🙏🏻”, … ninguém é capaz de dar uma palavra positiva e encorajadora pelo belíssimo trabalho ou comentário apresentado.

 

Se isto já era fácil antes da pandemia, porque são todos uns fortalhões por detrás de uma conta social, seja ela qual for – Facebook, Instagram, Twitter ou YouTube (o Linkedin ainda está meio aleado deste fenómeno) creio que com a pandemia aumentou! E agora vamos todos defender estes atos bárbaros com o cansaço, a solidão e a tristeza das pessoas… mas isso não pode ser, tem de acabar!!! Devemos todos tentar ser pessoas melhores, todos os dias e devemos pensar nos atos que cometemos e no que podem afetar as outras pessoas.

 

Já chegámos a uma fase em que o “mais amor por favor” não chega e é necessária uma análise sociológica, um órgão que regulamente (se algum dia isso for possível) ou mais noção de ética.

 

Sou uma profissional da área de Marketing Digital e creio que este fenómeno tem de ser falado, discutido e trabalhado para que não se perpetue entre as mais diversas gerações. Agora que já expus (mais uma) opinião na net, podem ameaçar-me de morte, chamar-me nomes a mim e à minha família, denegrir a minha imagem ou simplesmente fazer algo para que a sociedade se torne melhor e pensarem duas vezes antes do enter do vosso próximo comentário.

You Might Also Like


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *